Como uma empresa pode gerar impacto socioambiental positivo?

A resposta é simples e direta: ações reais que promovam mudanças e melhorias para a população e/ou para o meio ambiente do entorno. Nem sempre esse caminho é fácil e ter parceiros nessa hora é fundamental. Buscando o empoderamento feminino e a valorização do artesanato na região Norte Fluminense e outras áreas do Estado do Rio de Janeiro, a Chevron Brasil confiou nos nossos 12 anos de atuação em projetos de impacto para esse público e formamos a terceira turma da Entusiasta: Escola de Negócios das Artesãs.

O projeto

A Entusiasta é o primeiro programa de capacitação voltado para mulheres artesãs do Brasil. O objetivo é fechar lacunas de organização e habilidade comercial como formalização, falta de rede entre elas, gerenciamento, comunicação e vendas.

Selecionamos artesãs de Campos dos Goytacazes, Macaé, Nova Friburgo, Vale do Café e Rio de Janeiro capital. Com elas montamos cinco núcleos da escola totalizando 17 grupos produtivos artesanais e 209 artesãs beneficiadas de modo direto.

Certificados de conclusão do curso oferecido às artesãs

Os resultados do projeto

310 horas de treinamento

Cada núcleo teve quinze aulas presenciais, escolhidas de comum acordo entre todas as artesãs participantes.

+ de MIL horas de monitoramento

Duas monitoras trabalharam dedicadas a auxiliar em tudo que os grupos precisavam para crescer e se tornar um negócio sustentável.

"Foram oficinas extremamente importantes para nós, uma fonte rica de conhecimentos, um presente da Asta e da Chevron para nós. Gratidão!!! " Ana do grupo Bordando o Vale

Atividade realizada em uma das aulas

15 Coleções

Oito designers foram aos grupos e juntos cocriaram coleções que atendessem os canais de vendas definidos durante as aulas da Entusiasta.

Se são 17 grupos por que só 15 coleções?

Dois grupos já faziam parte da Rede Asta e não sentiam necessidade de desenvolver novas coleções no momento. Por isso, a Chevron permitiu que o dinheiro que seria destinado as coleções fossem aplicados de modo mais eficiente e que atendesse melhor aos grupos. Desse modo, A Oficina das Ervas ganhou novas máquinas e a AME – Associação Mulheres Empreendedoras recebeu uma consultoria para melhorar seu processo produtivo com o Bruno Temer da Matéria Brasil.

"A Entusiasta tem sido uma coisa muito boa, nesse tempo todo de projeto que eu tenho nunca veio ninguém para nos ensinar o que temos aprendido. O grupo está muito feliz e eu só tenho a agradecer. Espero que a gente possa crescer muito mais." Magali do grupo Promur

Artesã conferindo o diagnóstico do seu grupo produtivo

56% de aumento de renda

E tem os fora da curva. O Pipa Carioca, grupo liderado por Dona Lili, vendia R$600,00 por mês no início do projeto. Conquistou novos canais de vendas e hoje fatura R$1.600,00 por mês. Um aumento de 167%!

93% das participantes são mulheres

Trabalhar com foco em artesanato no Brasil é investir em mulheres. E dados da ONU apontam que 65% da renda das mulheres é investida na família, contra 45% da dos homens. Portanto, investir em mulheres é investir em toda a sociedade.

“O que tenho absorvido tenho colocado em prática no grupo e na vida pessoal e o curso foi essencial para descobrir qual é o meu papel no grupo e na sociedade” Nádia do grupo AME

Essa parceria com a Chevron Brasil já rendeu muitas histórias boas. A artesã Inês desenvolveu um modo de expor suas peças; Ângela do grupo AMACAPE e a designer Monica Carvalho trocaram saberes para cocriar peças feitas com a escama de peixe; A designer Flavia foi ao grupo Caminhos de Barro e junto com a matéri-prima rambém foi transformada; O grupo Reciclarte e o designer Davi trabalharam muitas possibilidades de artesanato com vidro; e isso resultou no índice de 97% de satisfação com o projeto pelas participantes.

Fotos: Gabriel Nascimento

Conheça todas as coleções que nasceram desse projeto:

Coleção AMACAPE

Grupo AMACAPE – designer responsável: Monica Carvalho

Coleção Delírio

Grupo Arte da Graça  – designer responsável: Aline

Coleção As Belas Artesãs

Grupo As Belas Artesãs – designer responsável: Gabriela Mazepa do Re-roupa

Coleção Vale do Café

Grupo Bordando o Vale do Café  – designer responsável: Davi Rezende

Coleção Caminhos de Barro

Grupo Caminhos de Barro – designer responsável: Flavia Alves de Souza

Coleção Carma

Grupo Associação Carma  – designer responsável: Edenelson Soares

Coleção Fiz de Contas

Grupo Fiz de Contas  – designer responsável: Davi Rezende

Coleção Florart

Grupo Florart – designer responsável: Davi Rezende

Coleção Jjujju Crochê

Grupo Jjujju Crochê – designer responsável: Lena Santana

Coleção Keniarts

Grupo Keniarts – designer responsável: Lena Santana

Coleção Maria das Candongas

Grupo Maria das Candongas – designer responsável: Lena Santana

Coleção Pipa Carioca

Grupo Pipa Carioca – designer responsável: Gabriela Mazepa do Re-roupa

Coleção Promur

Grupo Promur – designer responsável: Edenelson Soares

Coleção Casa das Estrelas

Grupo Casa das Estrelas  – designer responsável: Davi Rezende

Continue lendo