Empresas que presenteiam seus funcionários em datas comemorativas têm o desafio de não fazer mais do mesmo. Este foi o desafio lançado à Rede Asta pela Neoenergia em 2017: encontrar uma forma de homenagear as secretárias da empresa no dia 30 de setembro. A solução foi um presente com uma história de transformação.  

O primeiro passo foi encontrar uma matéria-prima que pudesse ser reaproveitada, gerando um novo ciclo de valor. A aposta foi em upcycling com uniformes que seriam descartados. O tecido foi selecionado, limpo e trabalhado pelas mãos das artesãs dos grupos Fiz de Contas (Barra do Piraí/RJ) e El Shaday (Rio Comprido, Rio de Janeiro/RJ).

 O resultado é um caderno exclusivo, com detalhes em patchwork feitos à mão com retalhos.

Cadernos de patchwork feito à mão

Desta forma, o uniforme que se tornaria resíduo voltou a ter um lugar de destaque na empresa, nas mãos de profissionais fundamentais no dia-a-dia dos executivos. Além disso, gerou renda para grupos de artesãos, incentivando a economia local e o resgate das tradições do artesanato. 

A Neoenergia está entre as 35 melhores empresas para trabalhar no Brasil e tem a sustentabilidade como um de seus valores. A proposta de uma homenagem personalizada e sustentável foi inovadora dentro da empresa. 

“Foi a primeira vez que trabalhamos com resíduo para presentear colaboradores e o feedback foi bem positivo. As secretárias ficaram muito satisfeitas.” 
Renata Doyle,Comunicação Interna da Neoenergia

No portfólio da Rede Asta há ainda outros exemplos de upcycling de uma gama variada de resíduos, como pet, tecidos automotivos, eletrônicos, papeis que foram transformados em produtos bons, bonitos e do bem. Clique aqui e confira.