A Plataforma Asta no Desafio do MIT

2/10/2018

Alice Freitas, cofundadora da Rede Asta, foi a Nova Iorque na última semana apresentar a defesa da Plataforma Asta no desafio MIT Solve. Ela foi acompanhada de Antônio Vilella, um dos responsáveis pela construção dessa tecnologia social feita para movimentar a economia do feito a mão no país e melhorar a qualidade de gestão, organização, produção, comercialização, negociação e muito mais para os artesãos brasileiros.

Ficamos entre os 60 finalistas de 1150 inscritos, sendo a única indicação brasileira. Ficamos muito felizes e orgulhosos de chegar a essa etapa, apesar do prêmio final não ter vindo para nossas mãos. Estar entre os finalistas nos sinaliza que o sonho de incluir artesãs e costureiras no mundo digital é possível. Seguimos firmes e com bastante trabalho pela frente.

artesa-da-rede-asta-aprendendo-a-usar-a-plataforma-asta-para-celular
Angelica Oliveria orientando artesã no uso da Plataforma Asta pelo aplicativo

A jornalista Adriana Brandão do Observatório do Terceiro Setor fez uma matéria contando mais da trajetória que nos levou até o MIT e explicando mais sobre a plataforma. Confira.

Matéria-da-rede-asta-no-observatorio-d-terceiro-setor-sobre-indicacao-ao-desafio-solve-MIT
Destaque da matéria sobre indicação da Rede Asta ao desafio no MIT