Mais de 500 obras de artesãos brasileiros estão expostas em museu no Centro do Rio de Janeiro

15/7/2019
“O CRAB não poderia deixar de dar seu apoio neste momento ao Museu Casa do Pontal. Temos o mesmo DNA nas obras que expomos ao público. Artesanato e Arte Popular caminham juntos e são o reflexo da produção artística popular do nosso país. É muito triste ter um espaço desses, como o Museu do Pontal, fechado ao público. Por isso, fizemos uma parceria solidária”, explicou o novo gerente do Centro de Referência do Sebrae, Rony Oliveira.

O acervo do Museu Casa do Pontal possui a maior coleção de obras de artesãos brasileiros: mais de 500 obras que representam a cultura de 11 Estados e do Distrito Federal. Elas foram reunidas pelo designer francês Jacques Van de Beuque em mais de 40 anos de andanças pelo Brasil. As peças estavam reunidas em um casarão no Recreio dos Bandeirantes até Abril de 2019, quando foi inundado. Quase todas as peças foram salvas, mas o Museu fechou as portas para visitação.

Sala do Museu Casa do Pontal inundado em Abril de 2019
Museu Casa do Pontal inundado em Abril/2019. Foto: Reprodução

Seria uma pena deixá-las fechadas sem visitação enquanto a verba para arrumar a Casa do Pontal está sendo arrecadada e as reformas acontecendo. Por isso, o Centro de Referência do Artesanato Brasileiro (CRAB Sebrae) ocupou 7 salas de exposição para os visitantes viajarem pela arte popular brasileira. As instalações falam da vida cotidiana, das relações afetivas, do trabalho, dos ofícios, das tradições dos artesãos brasileiros e da cultura nacional. São obras de mestres como Vitalino, Zé Caboclo, Manoel Eudócio, Antônio Luiz e GTO (Geraldo Teles de Oliveira de Itapecerica/MG) e com uma sala todinha dedicada ao Carnaval de Adalton Fernandes com centenas de personagens.

Peças de arte popular brasileira do Museu Casa do Pontal expostas no CRAB
Exposição Brasilidade na Arte Popular com acervo da Casa do Pontal no CRAB. Foto: André Cyriaco

A amostra batizada de Brasilidade na Arte Popular fica até 09 de Novembro de 2019 no casarão histórico do CRAB na Praça Tiradentes/Centro do RJ e pode ser visto gratuitamente de terça à sábado das 10h às 17h.