Se você não conhece a índia Joenia Wapichana, deveria.

29/10/2018

Certamente você já ouviu falar de Nelson Mandela, Martin Luther King e Malala Yousafzai. Hoje, você vai ouvir falar também de Joenia Wapichana. Ela é uma brasileira. Ela é índia. Ela é a primeira índia a se formar como advogada. Ela é também a primeira mulher indígena eleita deputada federal. E o que ela tem a ver com os três que citei antes?Todos esses, incluindo Joenia, ganharam o Prêmio de Direitos Humanos da ONU.

No último dia 25, Maria Fernanda Espinosa, a presidente da Assembléia Geral da ONU, anunciou os vencedores de 2018 do Prêmio de Direito Humanos. Ele é concedido a defensores dos diretos humanos em qualquer lugar do mundo. Joenia, 43, foi premiada por sua luta pelos direitos dos índios. Para que sejam tratados com respeito, dignidade, como cidadãos brasileiros. Brasileiros de um país plural, com culturas diversas que precisam ser respeitadas, com saberes que precisam ser ouvidos.

“São cidadãos, pessoas que querem fazer parte da tomada de decisões de muitos processos que estão sendo discutidos dentro dos países, são defensores de direitos, de conhecimentos, de vários saberes. A gente vai fazer também com que as crianças possam viver este exemplo. E eu entendo que este reconhecimento vai servir também para nos proteger”,diz Joenia a ONU News de Boa Vista, Roraima.

Parabéns, Joenia, por sua contribuição à humanidade. Que seu exemplo se multiplique.

No vídeo a seguir, feito pelo Renova BR, você pode ouvir e entender mais de sua atuação na luta pelas comunidades indígenas: